Espuma laminada e espuma injetada

O nome “Espuma Laminada” é utilizado pois as peças que compõem o estofado são tiradas de um bloco de espuma previamente confeccionado.

O bloco é cortado de acordo com o tamanho e espessura das peças, ou seja, são extraídas Lâminas de Espuma – Espuma Lâminada.

Espuma Injetada A espuma injetada, ao contrário da laminada, já é fabricada na medida exata da peça. Há uma Matriz que recebe o composto que formará a espuma pelo processo de Injeção.

Share Button
Publicado em Geral | Deixar um comentário

Como tingir espumas para artesanato utilizando alcool

Coloque em uma bacia 300 ml de álcool e 1 colher de chá de anilina na cor que desejar.

Coloque agora, o pedaço de espuma a tingir dentro da bacia, mergulhando-o totalmente. Mantenha-o sob imersão, até conseguir a cor desejada.

Esprema a espuma para retirar o excesso de tinta.

Proteja uma área no chão com folhas de jornal, para espalhar o glitter (se desejar) nas peças tingidas antes que estas sequem totalmente.

Coloque então as peças em local arejado, ou mesmo, sob o sol durante 15 minutos ou até que evaporem totalmente o álcool.

Share Button
Publicado em Geral | Deixar um comentário

Dicas para se pintar espumas para artesanato usando rolinho de pintura

Dicas para Pintar Espuma

1 rolinho de pintura com ± 6 cms, de preferência com as astes duras, para pintar sem entortar, não utilize um rolo muito maior para a pintura ficar uniforme
1 bandeja de pintura) pequena
1 rolo para tinta branca
1 rolo para cores claras

Depois de feita a mistura da tinta, coloque uma porção na bandeja, não precisa enchê-la, a não ser que vá pintar muita coisa, mergulhe o rolo na mesma e tire o excesso na rampinha que tem na bandeja. Não passe o rolo pingando para não manchar a espuma,
Comece a pintar a espuma. Dê quantas mãos achar necessário para que a espuma fique bonita.
Terminada a pintura, sua espuma não ficará pesada e nem encharcada, se quiser, pode pendurar no varal, sem medo, pois não irá pingar e nem manchar. Para não deixar tinta no varal, pendure só por uma ponta, se quiser, coloque um pedaço de papel pequeno onde irá pendurar. Ou corte a espuma um pouco maior e pendure por essas pontas. Seca rapidinho.
Se preferir também pode colocar no chão, em cima de plástico, e ir virando conforme o lado de cima secar. NUNCA COLOQUE EM CIMA DE JORNAL, PAPEL OU SIMILAR ou pendure pelo meio.

Dica para uso de tinta

A tinta utilizada pode ser de tecido ou de silk, a proporção é dada por cada um, mas sempre faça com que a tinta tenha uma cor viva.

Uma boa dica para fixação de cores, é utilizar o pigmento branco, que deixa a peça mais brilhosa e o pigmento ajuda a fixar a cor. Esse pigmento usado junto com a tinta branca, faz com que a peça fique com um branco mais bonito.

Outra dica para economizar tinta, sem perder a qualidade, é utilizar base incolor para tecido, que pode ser encontrada em lojas de silk.

Como fazer

Algumas maneiras:

Tinta de tecido e base incolor

Para um pote de gatorede, por exemplo, vc pode utilizar 2 colheres de base, para 1 colher de tinta. Encha a garrafa com 2 dedos abaixo da tampa, de água e chacoalhe bem. A tinta ficará bem consistente, caso ache que a tinta ficou forte ou grossa demais, pode colocar mais água.

Corante líquido e base incolor

Para um pote de gatorede, vc pode utilizar 2 colheres de base, para quantas gotas acharem necessário de corante líquido.
O corante líquido é misturável entre sí. Seguir o mesmo processo acima.

Se for pintar com o compressor, não esquecer de coar a tinta antes de colocá-la no recipiente.

Corante líquido, tinta de tecido e base incolor

Para um pote de gatorede, vc pode utilizar 2 colheres de base, para quantas gotas acharem necessário de corante líquido e uma colher ou um pote pq de tinta de tecido.

A função do corante nesse caso, é dar mais vida a tinta de tecido, pois dependendo da quantidade de água, ela pode ficar muito rala.

Corante líquido e tinta de tecido

Para um pote de gatorede, vc pode utilizar 2 colheres de tinta de tecido, para quantas gotas acharem necessário de corante líquido.
A desvantagem nesse caso, é que vc irá gastar muito mais tinta, já com a base, sua tinta rende muito mais.

Se for pintar com o compressor, não esquecer de coar a tinta antes de colocá-la no recipiente

Mistura de cores

Cor da pele 1
Para fazer cor da pele, misture o branco com algumas gotas de laranja, se for usar tinta, misture amarelo, vermelho e branco.

Cor da pele 2
Misturar branco com abóbora

Para fazer tons claros, a cor de sua escolha e branco.

Para dar um tom mais forte ao vermelho, pingue algumas gotas na tinta vermelha, isso evita que você tenha que comprar vários tons de vermelho e assim por diante.

Share Button
Publicado em Geral | Deixar um comentário

Como a espuma de poliuretano é feita?

O que é a espuma de poliuretano?

A espuma de poliuretano é um dos quatro tipos básicos de produtos que podem ser fabricados a partir de poliuretano líquido puro, formados por dois produtos químicos que, quando misturados e aquecidos, formam poliuretano líquido antes de serem posteriormente processados. Esses produtos químicos são o poliol, um tipo de álcool complexo, e di-isocianato, subproduto do petróleo que reage fortemente ao álcool. Ao combinar os dois, uma molécula de cadeia longa e estável é formada, um polímero ou plástico, conhecido como uretano.

Qual a finalidade da espuma de poliuretano?

Espuma de poliuretano é usada principalmente em roupas e estofamento de móveis. É hipoalergênica, não tóxica e não se degrada ao longo do tempo. Isso significa que almofadas preenchidas com ela sempre recuperam a sua forma, não importa quanta pressão seja aplicada. Camas de espuma também estão se tornando popular. A camada mais sólida é moldada para se ajustar ao corpo. Embalagens de amendoins e embalagens de espuma também são usadas por companhias de entrega em todo o mundo.

Como a espuma de poliuretano é feita?

Uma vez que os dois ingredientes foram combinados de modo a formar um líquido quente de poliuretano, são passados através de um tubo até uma cabeça de bocal. Por baixo do bocal há uma série de rolos sobre os quais passa papel encerado. O bocal joga jatos de spray de líquido quente sobre o papel encerado, misturado-o a doses de dióxido de carbono provenientes de outro bocal. Isso faz com que o poliuretano se expanda conforme se mova para baixo da correia transportadora, formando uma tira de espuma. As bordas da espuma são aparadas e comprimidas para assegurar que retenham uma forma aceitável. A espuma é formada por um número incontável de pequenas bolhas de gás presas ao poliuretano. A menos que o gás seja liberado, a espuma vai assumir a consistência de uma rocha. Assim, a espuma passa por uma série de lâmpadas de aquecimento. Elas secam a espuma e fazem com que as bolhas venham a se expandir, em seguida, estouram, deixando um material esponjoso e poroso para trás.

Fonte:http://www.ehow.com.br/espuma-poliuretano-feita-como_6047/

Share Button
Publicado em Geral | 1 comentário

Fungo da floresta amazônica se delicia com poliuretano

Nós usamos o poliuretano em quase tudo: mangueiras, enchimento de móveis, tecidos e muito mais. Ele é fácil de produzir, é durável e bem barato. Só que não existe qualquer processo natural que o consiga decompor. Isto até um fungo, recentemente descoberto na floresta amazônica, dar uma mordida nele.

O Pestalotiopsis microspora mora no Equador, na floresta amazônica, e foi descoberto por um grupo de pesquisadores que estudam na Universidade Yale (EUA), chefiados pelo professor de bioquímica molecular Scott Strobel, como parte da Expedição e Laboratório na Floresta Tropical que ocorre anualmente.

Esta é a primeira espécie de fungo que consegue sobreviver apenas com poliuretano e, o mais importante, ele consome o plástico em condições anaeróbicas – as mesmas encontradas no fundo de lixões. Isto o torna um forte candidato para projetos de biorremediação (uso de micro-organismos para remover poluentes), uma alternativa bem melhor a simplesmente enterrar o plástico e torcer que ele se decomponha sozinho.

Share Button
Publicado em Geral | Deixar um comentário

E se não existisse plástico?

SUPER INTERESSANTE. E se não existisse plástico?.

Disponível em:<super.abril.com.br> Acesso: 13 Mar 2013.

Produziríamos tanto lixo quanto e continuaríamos poluindo – mas com outros materiais. A maior vantagem, na prática, é que alguns aparelhos seriam mais bonitos

A natureza estaria livre de dejetos que demoram até 450 anos para se decompor. Haja lixo. A Associação Brasileira da Indústria do Plástico prevê que cada brasileiro consumirá 46 kg de plástico em 2015. Um mundo sem ele seria, então, o Éden dos ambientalistas? Nem tanto. Sem as vantagens do plástico, nossos alimentos teriam menos segurança e os aparelhos eletrônicos se pareceriam com as televisões dos nossos avós. Além disso, haveria mais gente vivendo no campo. Seria uma viagem no tempo. “O plástico é relativamente novo. Seu uso em larga escala não tem nem um século”, diz a pesquisadora Mara Lúcia Siqueira, do Laboratório de Embalagem e Acondicionamento do Instituto de Pesquisas Tecnológicas. Em 1950, a produção mundial era de 1,5 milhão de toneladas, uma mixaria se comparada às atuais 265 milhões de toneladas por ano.

Sem o plástico, voltaríamos a usar mais vidro, papel e madeira. O que, por outro lado, poderia gerar novos problemas. Se hoje a taxa de devastação da Amazônia brasileira é de 18%, em um mundo sem plástico ela seria maior. Afinal, continuaríamos consumindo e poluindo. E a economia sofreria um baque. Nos Estados Unidos, a Associação da Indústria do Plástico estima que ele empregue 900 mil pessoas e movimente US$ 341 bilhões por ano. Só o Brasil exportou US$ 1,5 bilhão e importou US$ 3,3 bilhões em produtos plásticos em 2011. Eles vão de embalagens a materiais de construção e até sandálias femininas. Diga alô aos tamancos!

Vida de plástico
Voltaríamos no tempo como na série Mad Men. Só para ver que ele não é tão vilão

Volta ao campo
Sem o plástico, e com o uso alternativo de materiais de origem vegetal, haveria mais empregos nas zonas rurais para abastecer a demanda. O trabalho seria puxado. O plástico trouxe muitas facilidades à agricultura. Por exemplo, sistemas de irrigação levam plástico nas mangueiras, dutos e canais. Sem ele (e sem as estufas, que também têm plástico), seríamos mais dependentes do clima. Assim, a variedade de comida no mercado diminuiria.

Futuro de vidro
O bioplástico, feito à base de amido de milho, entre outros, seria uma alternativa sustentável popular. Mas ele custa até quatro vezes mais que plástico, então encareceria muitos produtos. Além dele, teríamos mais vidro, em várias formas. Cientistas franceses criaram um material orgânico e maleável com as mesmas propriedades do vidro tradicional.

Monitor de mogno
Computadores seriam de metal ou madeira, com dispositivos internos adaptados à nova realidade, feitos de silicone, por exemplo. De madeira também seriam os fones de ouvido, como os da marca thinksound. E todos trabalhariam como a americana Beth Terry, autora do livro Plastic-Free (sem versão no Brasil). Ela abandonou canetas de plástico, adotando lápis e caneta tinteiro. Canecas substituiriam copos descartáveis. E a falta da garrafa térmica impulsionaria o café fresquinho. Viva!

Pau na máquina
Sem plástico, aparelhos eletrônicos poderiam ser mais pesados. Isso porque eles teriam madeira no lugar, como os eletrodomésticos de antigamente. Ao mesmo tempo, parafernálias que hoje são excêntricas seriam normais, como o eco-amp, um amplificador para iPhone de papelão, ou ainda as capas de cortiça para tablets.

Aumente a garagem
Automóveis seriam parecidos com os grandões da década de 1950, feitos quase inteiramente de aço. Hoje em dia, o plástico está em 50% da composição dos veículos. Eliminando-o, os carros pesariam o dobro e, consequentemente, gastariam até 35% a mais de combustível. Quanto mais pesado um automóvel, mais poluente.

Vilão carismático
A ilha de lixo do Pacífico, composta basicamente de plástico, seria muito menor. Mas as vitórias verdes seriam poucas. Sem plástico, usaríamos mais borracha e alumínio, que demoram até 500 anos para se decompor. “O que está errado é o exagero do uso”, diz Monica Pilz, coordenadora do Instituto 5 Elementos, que divulga práticas sustentáveis.

Fontes:
Conselho Americano de Química; Mara Lúcia Siqueira, pesquisadora do Laboratório de Embalagem e Acondicionamento do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT); Monica Pilz, coordenadora do Instituto 5 Elementos; Plastic-Free: How I Kicked the Plastic Habit and How You Can Too, de Beth Terry

Fonte:http://poliuretano.wordpress.com/2013/04/14/e-se-nao-existisse-plastico/

 

Share Button
Publicado em Geral | Deixar um comentário

‘Faço porque gosto’, revela garota de programa recém graduada em letras

29/04/2013 08h38 - Atualizado em 29/04/2013 10h30

‘Faço porque gosto’, revela garota de programa recém graduada em letras

Lola Benvenutti mantém blog em que relata experiências com seus clientes.
Formada pela UFSCar em São Carlos, jovem tenta quebrar tabu sobre sexo.

Felipe TurioniDo G1 São Carlos e Araraquara

Gabriela Natália da Silva, ou Lola Benvenutti, se formou no curso de letras em São Carlos, SP (Foto: Felipe Turioni/G1)Gabriela Natália da Silva, ou Lola Benvenutti, se formou no curso de letras na UFSCar, em São Carlos, SP, mas optou por fazer carreira como garota de programa (Foto: Felipe Turioni/G1)

Ela tem 21 anos, é recém-formada em letras pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), exibe em tatuagens pelo corpo frases de Guimarães Rosa e Manuel Bandeira, adotou como pseudônimo um nome que faz referência a um personagem do escritor russo Vladimir Nabokov e assume, sem problemas, ser garota de programa. Gabriela Natália da Silva, ou Lola Benvenutti, mantém um blog em que escreve contos baseados nas experiências com seus clientes e chama a atenção ao tentar quebrar o tabu do sexo. “Sempre gostei de sexo, então tinha um desejo secreto de trabalhar com isso e não há nada mais justo, faço porque gosto”, afirmou em entrevista ao G1.

Lola Benvenutti mantém blog com histórias de seus clientes em São Carlos, SP (Foto: Felipe Turioni/G1)Lola Benvenutti mantém blog com histórias dos
clientes em São Carlos (Foto: Felipe Turioni/G1)

A realidade de Gabriela sempre foi diferente da vida de uma parcela das garotas de programa que são universitárias e optam por se prostituir para manter as despesas com os estudos. “Tem uma categoria nos sites de acompanhantes que são de universitárias e fazem isso porque fazem faculdade particular e precisam pagar, mas eu nunca precisei disso, sou inteligente, fiz faculdade, optei por isso, qual o problema?”, questionou.

Natural de Pirassununga (SP), se mudou para São Carlos para fazer faculdade, mas por temer algum tipo de retaliação resolveu manter sua identidade como prostituta com discrição até concluir o curso. “Fiquei com um pouco de medo de isso reverberar de alguma forma na faculdade, então achei melhor terminar a graduação para colocar o blog no ar”, disse.

O site recebe cerca de duas mil visitas por dia e é nele que Lola posta sua rotina como prostituta. Entretanto, vê diferença entre sua história e o fenômeno Bruna Surfistinha, pseudônimo de Raquel Pacheco, ex-prostituta que fez fama na internet e teve sua história publicada em livro e roteirizada em um filme. “Ela teve uma vida diferente da minha, com outras oportunidades”, comentou.

Além de manter seus contos e servir como contato entre seus clientes, que chegam a cinco por dia, o blog serve também para levantar discussão sobre o prazer no sexo. “As pessoas são hipócritas, vivem de sexo, veem vídeo pornográfico, mas não falam porque têm vergonha. Um monte de mulher entra no blog e fala que adoraria fazer o que eu faço, mas não tem coragem; e dos homens escuto as confissões mais loucas e cada vez mais esse tabu do sexo é uma coisa besta”, avaliou.

Barreiras
Apesar da escolha em ser uma profissional do sexo, Gabriela não desistiu de seguir carreira acadêmica ou dar aulas após a conclusão do curso de letras. “Também quero dar aula, mas por hobby, e além disso também tem a questão financeira, porque dando aula hoje você quase não se sustenta”, analisou. “Acho que as duas coisas são difíceis de casar, é muito difícil que uma escola que sabe o que eu faço me permita trabalhar com eles, vou ter que derrubar barreiras”.

Ainda este ano, ela pretende se mudar para São Paulo, onde vai continuar trabalhando como garota de programa e acumulando um mestrado na Universidade de São Paulo (USP). “Cansei um pouco de São Carlos e agora quero outras coisas, tanto que o mestrado para o qual estou estudando é na USP, converso com alguns professores e quero pesquisar na área de prostituição ou fetiche”, considerou.

Esse tipo de assunto, segundo ela, já é seu objeto de estudo desde a adolescência. “Desde os 14 anos estudo o sadomasoquismo, que hoje está ficando mais popularizado com ajuda do livro ‘Cinquenta Tons de Cinza’, que é marginalizado para quem curte, mas abriu um leque para as pessoas que não conheciam”, explicou.

Lola Benvenutti, de São Carlos, diz que sua virgidade era um fardo (Foto: Reprodução/Lola Benvenutti)Lola Benvenutti considerava sua virgidade um fardo
(Foto: Reprodução/Lola Benvenutti)

Interesse pelo sexo
O interesse precoce por sexo começou com uma vontade íntima de deixar de ser virgem, o que considerava ser um ‘fardo’. “Desde os 11 anos queria me livrar desse fardo, mas perdi a virgindade com 13 anos e a primeira vez foi péssima, com um homem de 30 anos que conheci pela internet”, relembrou.

No início, Gabriela ficou em dúvida sobre o prazer causado pelo sexo.“Não fiquei confortável, fiquei um tempo sem fazer pensando em como era possível as pessoas falarem tanto disso, mas aí depois de um tempo eu fui gostando e a percepção mudou”, revelou.

Segundo Gabriela, nunca houve um episódio em sua vida que despertasse um interesse incomum para sexo. “Todo mundo fica me perguntando qual foi o fato que desencadeou isso, eu respondo que nada, meus pais foram ótimos, tive uma ótima educação, entrei na faculdade direto, fiz uma boa universidade e só”, garantiu.

Relação com a família
Como a personagem Tieta, da obra de Jorge Amado, Lola causa alvoroço quando retorna para sua cidade natal, mas a relação com a a família atualmente é estável. “Eu não vou muito pra lá, sinto que toda vez que vou, levanto uma poeira de discórdia e os vizinhos ficam comentando. Minha mãe já desconfiava porque nunca pedia dinheiro para ela e a relação foi muito mais difícil porque ela se importa muito com o que os outros dizem, mas a gente se fala”, disse.

Com o pai, militar da reserva, há uma relação de respeito e separação entre Gabriela e Lola. “Meu pai ficou seis meses sem falar comigo, eu achei que fosse pra vida toda, mas aí teve a minha formatura e ele veio. Na ocasião, disse que a filha dele era a Gabriela, não a outra, deixando bem claro que não compactua com isso. Mas ele ficou do meu lado e acho ele um herói porque não me abandonou”, confessou.

Gabriela Natália da Silva, ou Lola Benvenutti, se formou no curso de letras em São Carlos, SP (Foto: Felipe Turioni/G1)Gabriela Natália da Silva, ou Lola Benvenutti, se formou no curso de letras na UFScar (Foto: Felipe Turioni/G1)
Share Button
Publicado em Geral | Deixar um comentário

Conheça sites úteis que podem auxiliar sua navegação segura na rede

 

Ao longo de sua existência, a coluna Segurança para o PC já mencionou diversos sites úteis para obter informações e realizar tarefas que ajudam na proteção do PC. Um leitor sugeriu que a coluna fizesse uma lista de 10 sites legais desse tipo e, hoje, a coluna atende o pedido, mostrando alguns sites que podem auxiliar na sua navegação na web e na segurança do computador.

Se você tem alguma dúvida sobre segurança da informação (antivírus, invasões, cibercrime, roubo de dados etc.), vá até o fim da reportagem e deixe-a na seção de comentários. A coluna responde perguntas deixadas por leitores todas as quartas-feiras.

VirusTotal/Jotti Malware Scan

 

 

Reprodução/Reprodução

Não é possível ter 40 antivírus no seu computador, mas é possível usar o VirusTotal sem instalar nenhum programa. (Foto: Reprodução)

Quando um arquivo é baixado de algum site ainda desconhecido que não dá para confiar muito, o VirusTotal e o Jotti Malware Scan podem ajudar a descobrir se há algum risco de infecção.

Ao enviar um arquivo para um desses sites, ele é examinado em vários antivírus, permitindo uma análise muito mais profunda sem que você precise ter vários softwares instalados no seu próprio PC – o que, vale lembrar, não é recomendado devido aos possíveis conflitos que podem ocorrer entre os softwares.

Dr. Web URL Scan
Diferentemente do VirusTotal e do Jotti Malware Scan, que só analisam um arquivo que você envia a partir do seu disco rígido, o Dr. Web URL Scan analisa um link. Em outras palavras, você pode verificar um arquivo na internet sem precisar baixá-lo e correr o risco de ser infectado por alguma brecha dia zero, por exemplo.

Scanners On-line
Há ainda outra categoria de softwares antivírus on-line: os que podem analisar os arquivos no disco do seu computador.

Clicando aqui você pode ver uma lista de dez softwares antivírus que fazem análise on-line gratuita no seu PC. Veja aqui uma lista dos principais fabricantes:

Norton Security Scan (Symantec)

McAfee FreeScan
TrendMicro Housecall
F-Secure On-line Scanner

Antes de usar um desses softwares, lembre-se de desativar o antivírus que você tem no seu PC – e também de ativá-lo novamente depois que análise on-line terminar. Esses antivírus on-line não têm recurso de proteção em tempo real.

Microsoft Update Catalog

 

Ampliar FotoFoto: Reprodução

Site da Microsoft oferece um catálogo das atualizações para download. (Foto: Reprodução)

É fácil atualizar o Windows por meio do Microsoft Update das atualizações automáticas. Porém, os programas de instalação das atualizações não ficam no computador. Para quem precisa gerenciar muitos computadores ou quer continuar com as atualizações, fica complicado. Então, como baixar as atualizações de segurança da Microsoft para instalar em vários computadores?

É esse problema que o Microsoft Update Catalog busca resolver. O site permite que você adicione atualizações de segurança para qualquer versão do Windows a uma “cesta” de downloads. Depois, o download de todas as atualizações pode ser feito de uma vez só e armazenado para uso em vários computadores.

O Microsoft Update Catalog substitui a versão “Corporate” do antigo Windows Update.

Coral Cache

 

Ampliar FotoFoto: Reprodução

Servidores do Coral são distribuídos pelo mundo todo. (Foto: Reprodução)

O site que, ao ser mencionado por esta coluna, desencadeou a sugestão do leitor para criar uma lista. O Coral é um “cache proxy”. Ele age como intermediário entre você e o site que está sendo visitado. Mas ele não simplesmente acessa o site – ele também armazena as páginas e os arquivos. Isso significa que o site verá apenas um acesso mesmo se 500 pessoas visitarem a mesma página pelo Coral.

O Coral é muito utilizado por usuários de sites como Digg e Slashdot, que agregam notícias de outros sites por meio de links. Esses sites recebem uma quantidade de tráfego muito grande, mas apontam para páginas em toda internet – páginas que muitas vezes não estão preparadas para receber esse tráfego. O que acontece então é que as páginas ficam inacessíveis, e os usuários não conseguem ver o conteúdo postado.

Muitos usuários, para poupar as páginas “linkadas”, usam o Coral. Com isso, o site recebe bem menos tráfego, e consegue aguentar todos os acessos. Mesmo se ele vier a cair, o conteúdo ainda fica armazenado no Coral, possibilitando que ele ainda seja acessado.

Para usar o Coral, basta acrescentar “.nyud.net” no final do domínio de um endereço. Veja como fica o site principal do G1 e o site da editoria de tecnologia do G1:

http://g1.globo.com >>> http://g1.globo.com.nyud.net 

http://g1.globo.com/g1/tecnologia/ >>> http://g1.globo.com.nyud.net/g1/tecnologia/

Cabe uma observação de segurança: jamais acesse um site no qual você tem credenciais de acesso (login/senha). Como tudo fica armazenado em cache no Coral, isso significa que, se você acessar uma página protegida por senha, ela ficará armazenada nos servidores do Coral para qualquer um ver.

Verificação On-line do Conficker
Para determinar se você está infectado com o vírus Conficker, o vírus que mais infectou computadores.

Ao acessar essa página, ela mesma explica o que as imagens significam. Se o navegador não conseguir carregar as três imagens superiores, ou a primeira e a terceira, provavelmente é sinal de infecção.

Essa análise é possível devido ao bloqueio que o Conficker realiza. Ao tentar carregar uma imagem a partir do site das empresas de segurança, a impossibilidade

Whois

 

Ampliar FotoFoto: Reprodução

Whois.sc indica até o país a qual um endereço IP pertence. (Foto: Reprodução)

O Whois (“quem é?”) é um serviço que permite obter mais informações sobre um site de internet ou sobre um endereço IP. É possível saber, por exemplo, quem é o responsável pelo site ou pelo endereço. Com isso, é possível determinar, às vezes, se um site é confiável.

Existem diversos sites para obter a informação de Whois. A coluna recomenda o “whois.sc”, pela facilidade de uso. Basta digitar:

http://whois.sc/enderecodosite.com

E você verá as informações na tela. Tente:

http://whois.sc/microsoft.com

Note que alguns sites terão informações limitadas nesse serviço. Sites terminados em “.br”, por exemplo, terão pouquíssimas informações ali. No caso do Brasil, o ideal é pesquisar no Registro.br (http://registro.br). Outros países e terminações possuem outros serviços que darão mais informações do que esse whois “genérico” prestado pelo whois.sc.

Pesquisa de CNPJ
Seguindo a dica do Whois em sites brasileiros, temos a pesquisa de CNPJ. Quando um site for comercial, provavelmente o Whois (no Registro.br) informará, além de um número de telefone, o número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) da empresa. Você pode consultar esse número no site da Receita Federal para obter informações como endereço de cadastro da empresa, data de abertura e atividade comercial.

Sites falsos costumam usar números de CNPJ de outras empresas, sem atividade comercial relacionada com a venda dos produtos em questão. Em outros casos, o site pode mentir que existe por mais tempo do que existe de fato, e, pela data de abertura da empresa, você pode determinar isso. Isso é especialmente útil para saber se você pode confiar em uma loja de comércio eletrônico.

Catálogo de Fraudes do CAIS/RNP
O Centro de Atendimento a Incidentes de Segurança (CAIS) da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) mantém um catálogo com os principais e-mails maliciosos brasileiros que circulam na rede. Se você recebeu um e-mail do qual desconfia, pode consultar o catálogo para verificar se há algum registro. Você também pode colaborar encaminhando a fraude para o CAIS, caso ela ainda não conste na lista.

Down for Everyone or Just Me?
Quem nunca quis saber se um site está off-line para todo mundo ou se é problema na conexão? O site Down for Everyone or Just Me procura responder exatamente essa pergunta.

Basta digitar o endereço de um site e a página dirá se o site está acessível.

Uma dica de uso: em computadores infectados, sites de companhias antivírus ficam bloqueados. Se você não consegue acessar um site de um fabricante antivírus, vale verificar, por meio desse site, se existe algum problema geral ou se é apenas no seu computador – e isso pode indicar uma infecção.

A coluna Segurança para o PC de hoje fica por aqui. Volto na quarta-feira (10) com o pacotão de segurança, respondendo perguntas deixadas por leitores como você. Se você tem alguma pergunta, escreva na área de comentários, logo abaixo. Até a próxima!

* Altieres Rohr é especialista em segurança de computadores e, nesta coluna, vai responder dúvidas, explicar conceitos e dar dicas e esclarecimentos sobre antivírus, firewalls, crimes virtuais, proteção de dados e outros. Ele criou e edita o Linha Defensiva, site e fórum de segurança que oferece um serviço gratuito de remoção de pragas digitais, entre outras atividades. Na coluna “Segurança para o PC”, o especialista também vai tirar dúvidas deixadas pelos leitores na seção de comentários. Acompanhe também o Twitter da coluna, na páginahttp://twitter.com/g1seguranca

Share Button
Publicado em Geral | Deixar um comentário

A polícia de Dubai, nos Emirados Árabes, mostrou nesta quinta-feira (25) sua mais nova aquisição: uma Ferrari FF de R$ 2,5 milhões.

A polícia de Dubai, nos Emirados Árabes, mostrou nesta quinta-feira (25) sua mais nova aquisição: umaFerrari FF de R$ 2,5 milhões.

O supercarro italiano fará a patrulha pelas ruas da cidade ao lado de um Lamborghini Aventador, outro carrão revelado há poucos dias pela corporação.

Share Button
Publicado em Geral | Deixar um comentário

As novas datas do calendário para o ecommerce

1696964330_e832798090

Há muitos anos, datas comemorativas como o Natal, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças, Dia dos Namorados, entre outros, impulsionam as vendas do varejo. No comércio eletrônico isso também acontece, onde os chamados períodos sazonais garantem um forte avanço nas vendas.

 

A receita continua funcionando e, para faturar ainda mais, as lojas virtuais brasileiras aderiram à criação de datas sazonais próprias do e-commerce, como o Black Friday, Boxing Day e o Dia do Frete Grátis.

 

 

 

“Estas datas são marcadas pela mobilização em massa das lojas virtuais que realizam, por 24 horas, uma megaliquidação com descontos acima do normal”, explica Pedro Eugênio, CEO doBusca Descontos. Como explica o executivo, as ações funcionam para os varejistas, que podem liquidar estoques e fidelizar clientes, e para os consumidores, que aproveitam as promoções para adquirir produtos com descontos.

 

O portal Busca Descontos foi o responsável por importar as datas próprias do e-commerce para o Brasil. A inspiração vem dos Estados Unidos, onde as datas já movimentam montantes bem expressivos. A última edição do Black Friday, por exemplo, movimentou mais de U$ 816 milhões no comércio eletrônico americano. No caso do Free Shipping Day (Dia do Frete Grátis) o faturamento foi de U$1.072 bilhões, de acordo com o comScore.

 

No Brasil, o faturamento obtido com essas datas ainda está longe de bater os números do exterior. Contudo, adesão dos grandes varejistas à eventos como o Black Friday, comprovam a evolução do setor de e-commerce no país, que deve faturar R$ 22,5 bilhões neste ano, 20% a mais do que em 2011. As tendências de consumo na web brasileira começam a se voltar para o Discount Commerce (d-commerce), termo criado para chamar o potencial da união entre os Descontos e o E-Commerce.

 

Confira abaixo as novas datas do calendário do e-commerce

 

23 de Novembro – Black Friday – (www.blackfriday.com.br)

 

Inspirada na data tradicional do varejo americano, que acontece sempre na sexta-feira seguinte ao dia de ação de graças, o Black Friday foi trazido ao Brasil pelo Busca Descontos em 2010. Neste dia, durante 24 horas, grandes players do e-commerce entram no clima de megaliquidação e oferecem descontos que podem chegar a até 70%. De acordo com a consultoria e-bit, a versão brasileira da Black Friday em 2011 teve o maior volume de transações da história já registrado pelo comércio eletrônico em um único dia. Foram mais de 237 mil pedidos realizados em um período de apenas 24 horas. No total, foram movimentados aproximadamente 100 milhões de reais.

 

26 de novembro – Cyber Monday

 

Também popular nos Estados Unidos, a Cyber Monday é uma data exclusiva do e-commerce e funciona como um saldão após o Black Friday. A data acontece sempre na segunda–feira seguinte ao Black Friday. A última edição nos Estados Unidos movimentou U$1.25 bilhões.

 

26 de dezembro – Boxing Day

 

O Boxing Day acontece no primeiro dia útil depois do Natal e foi realizado pela primeira vez no Brasil em 2011. Mais de 30 lojas virtuais ofereceram cerca de 1.500 produtos com descontos, que variavam de 20% a 70%. Segundo dados do e-bit, o Boxing Day foi o segundo dia que mais gerou vendas no comércio eletrônico brasileiro (o primeiro foi o Black Friday). Foram R$ 58,9 milhões movimentados pelo e-commerce, totalizando 170.632 pedidos a um ticket médio de R$ 345.

 

Abril – Dia do Frete Grátis

 

Em Abril deste ano, o Busca Descontos promoveu pela primeira vez no e-commerce brasileiro o Dia do Frete Grátis. Inspirado em data do e-commerce americano (Free Shipping Day), o portal reuniu, durante 24 horas, ofertas com frete grátis de 53 lojas virtuais brasileiras. Mais 1,8 milhão de pessoas realizaram cadastro no hotsite criado especialmente para o evento a fim de aproveitar a promoção e ter acesso as principais ofertas. O Dia do Frete Grátis ocorre sempre na última sexta-feira de Abril.

 

E para vocês? Qual é o dia de maior venda?

 

Share Button
Publicado em Geral | Deixar um comentário